Você está em:

Serviços

Saiba tudo o que podemos fazer por você.

Aqui você encontra as informações necessárias sobre os nossos serviços, mas, caso ainda fique alguma dúvida, estamos à disposição para lhe atender. 

Ecocardiograma com Estresse Farmacológico

Categoria: Exames

O Ecocardiograma com Estresse Farmacológico é um ultrassom associada ao uso de medicação (Dobutamina/Atropina) que possibilita visualizar a contração do coração em repouso e na frequência cardíaca máxima atingida pelo paciente.

Como ele é feito

O exame é realizado com o paciente deitado na posição lateral esquerda, monitorado por eletrocardiograma e aparelho de aferir pressão arterial, além de acesso venoso periférico, por onde serão infundidas as medicações.

O exame inicia-se com a infusão de doses baixas de dobutamina, que são aumentadas (estágios) gradativamente a fim de se obter a frequência cardíaca máxima preconizada para a análise de isquemia miocárdica. A cada estágio verifica-se os sintomas do paciente, a pressão arterial e a frequência cardíaca. A Atropina é outra medicação que auxilia o aumento da frequência cárdica.

Principais indicações

- Avaliação de isquemia miocárdica em pacientes com suspeita de doença coronária ou com coronariopatia já documentada.

- Avaliação de viabilidade miocárdica em pacientes com miocardiopatia isquêmica. 

Quais são os principais riscos?

O risco do exame é diretamente proporcional à gravidade da coronariopatia. É um procedimento médico que normalmente não causa complicações, porém a literatura mundial relata um baixo risco destas complicações, tais como:

- Flebite (inflamação no local da infusão da medicação);

- Cefaléia;

- Arritmia cardíaca;

- Isquemia/Infarto;

- Retenção urinária;

- Acidente vascular cerebral (AVC);

- Reações alérgicas em pacientes sensíveis às medicações utilizadas.

 

Cuidados após o procedimento nas primeiras 24 horas

- O tempo de ação da medicação é de cerca de 3 minutos;

- Não há restrição alimentar ou ao banho após o exame;

- Após a alta, o paciente deve fazer um lanche e ingerir líquido, pois o jejum prolongado pode causar tontura, fraqueza e mal-estar;

- Pode retornar à sua rotina normalmente. Medicamentos de uso contínuo deverão ser ingeridos normalmente.

Contra-indicações

- O exame não será realizado se o paciente tiver alguma contraindicação em relação às medicações utilizadas;

- Pressão arterial maior ou igual a 160x90 mmHg;

- Cardiomiopatia hipertrófica obstrutiva;

- Estenose aórtica e mitral importante;

- Jejum maior que 3 horas;

- Trombos intracavitários;

- Arritmia cardíaca grave em repouso;

- História recente de traumas ou cirurgias;

- Dor torácica, alterações enzimáticas cardíacas, alteração eletrocardiográfica sugestiva de infarto, alterações da contratilidade segmentar ao ecocardiograma transtorácico nas últimas 24 horas;

- Exceções serão analisadas pelo médico que realiza o exame.

Preparo

Saiba o que é necessário para a realização do Ecocardiograma com Estresse Farmacológico.

- Chegar com 20 minutos de antecedência;

- Jejum total de 03 horas antes do exame, inclusive água. Não é recomendado jejum de mais de 03 horas;

- Trazer exames já realizados, como ecocardiograma transtorácico e de estresse, teste ergométrico, cintilografia miocárdica, cateterismo e exames laboratoriais;

- Trazer relatório de cirurgia cardíaca prévia, cateterismo e angioplastia;

- Trazer relação de todos os medicamentos em uso inclusive colírio;

- Trazer medidas de peso e altura.

Saiba quais são os convênios atendidos e faça seu pré-agendamento aqui.

Ligamos para você